terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Projeto de Vida: Ser o 1% do Mundo


Você já deve ter visto na televisão ou na internet os famosos grupos de motoqueiros 1%. Eles se consideram um grupo fora da sociedade, possuem suas próprias leis, condutas e moral , em resumo eles são um estado paralelo dentro do estado legal.
Sempre gostei desta coisa de pertencer a um grupo elitizado, sempre fui isolado dos 99% da população, minha conduta nunca se encontra com o pensamento comum das pessoas.
Eu não tenho interesse em montar um grupo de motoqueiros e nem gastar dinheiro com motos, bares e roupas de couro. Esses grupos, fora a ideologia elitista, não me chamam muito a atenção e o motivo é bem claro, quase todos os membros desses grupos são pobres e violentos, duas coisas que eu quero excluir definitivamente da minha vida.

Acho esses grupos muito legais, mas não pretendo ser esse tipo de 1%.

Mas utilizando esse conceito de 1% eu quero me enquadrar em um grupo interessante, os 1% mais ricos do mundo, e isso não é tão difícil quanto parece.
Eu já me considero elite,  milionário e 1%, só me falta conseguir o resto da grana para chegar a esse padrão, mas isso é questão de tempo, pois a mentalidade e as metas eu já possuo.

Para quem leu a matéria e está em busca dos  milhões percebe que é possível sim estar na verdadeira elite.
Ainda digo que aqui no Brasil quem tem mais de 100 mil já é 1%.


O recado que eu quero deixar hoje é o seguinte:
Não adianta você fazer parte de grupos de elite se você é pobre.
Não adianta ser um atleta de ponta, ou um maçon de 33º, ou um pseudo nazista, ou ter doutorado em alguma área destacada se você é pobre. Você tem que entender que os "outros 1%" não interessam, o único 1% que você tem que ter como meta para alcançar é o 1% dos mais ricos, todo o resto é desperdício de tempo e dinheiro.

Foco no Dinheiro!

Sejamos 1%!

$2

6 comentários:

  1. Boas,

    Pensei que vc ia falar que ia ser aquele 1% vagabundo.

    Brincadeiras a parte, Pertencer a esse tipo de grupo dos 1% mais ricos do mundo tem que ter um bom ciclo de amizades. Conheço pessoas que são filhos de ricos e se casam com outro filho de rico para juntar as famílias/ patrimônio. Um pensamento de idade média, Reis e Rainhas, ainda dá certo hoje em dia.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se nossas famílias não tivessem casado mal, ou feito alguma péssima opção, provavelmente já seriamos 1%.
      No meu caso os dois lados da minha família jogaram toda a riqueza e terras fora, sobrou pra mim enriquecer do zero.

      Excluir
  2. 2,1 milhões? Bem pouco isso aí.
    Não compra nem um apto na praia de ipanema.
    Para viver bem aqui tem que estar entre os 0,001% hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah para comprar isso ai o cara tem que ter recebido uma boa herança, pq não é fácil juntar essa quantia do zero só para comprar um apto.

      Excluir
  3. tirando os motoqueiros que pelos menos na minha regiao sao muito ricos texto muito bom achei uma coisa que talves interresse para fazer parte do 1% no brasil teria que ter redimentos de 14000 mil por mes acredito que seja o numero a ser perseguido

    site que tirei essa informacao e mudou minha meta de 10000 pra 14000 depois de ler seu post acho que nao estou errado

    https://www.nexojornal.com.br/interativo/2016/01/11/O-seu-sal%C3%A1rio-diante-da-realidade-brasileira

    ResponderExcluir