segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Flashback: A Educação Não Vai Salvar o Brasil! - Bostejos do Mec e Ilusões Sobre a Educação..

Esse post é bom para refletirmos sobre frases pré fabricadas que muitos de nós repetimos por ai.
Esse flashback tem por intenção eliminar algumas crenças limitantes de sua cabeça.

Sempre ouço aquela frase famosa:

Mais Educação!
O Cusil precisa de mais professores!
Invistam no nosso futuro, eduque as crianças!
A Coréia do Sul investe em educação e é uma potência!

Educação padrão FIFA.

Sonha!

Desde a faculdade venho notado como a educação do Br Hue é terrível. Fui doutrinado por escolas estatais, responsáveis pelos meus maus conhecimentos.
Foi na faculdade que eu descobri que a educação formal não é tão importante como pensamos.
Desde a primeira série do primeiro grau até a faculdade, eu Pobretalista fui doutrinado pela educação esquerdante baseada em Paulo Freire (que seu nome seja esquecido), ou seja, eu conheço mais Marx do que Mises, acho que conheço mais o Marx do que muitos esquerdopatas petralhas atuais. Só que por um milagre genético, mental e divino eu não me tornei um esquerdistas, pelo contrário, sou e sempre fui um forte opositor desse sistema.

Não funcionou Lenin, o capitalismo é invencível. 

Fiquei refletindo por dias sobre esse fato e lembrei de uma frase do Lenin que era mais ou menos assim: “Me dê uma geração de garotos e eu transformarei o mundo”. No caso ele achava que doutrinando uma geração com seus princípios marxistas, logo esses garotos dominariam o mundo, ou o mundo todo seria de esquerda.
Agora parem para pensar, a antiga União Soviética durou mais de 80 anos, isso corresponde a umas 3 gerações de pessoas, sendo que os avós de muitas pessoas tiveram filhos e netos criados e educados para o marxismo soviético. Imagine, pela lógica essas pessoas deveriam reproduzir infinitamente o marxismo pelos séculos, pois foram ensinados para isso. Acreditava-se que através do ensino, o modelo econômico da URSS seria mantido perpetuamente. Essa é a lógica de todos nós pensamos, ensinamos um método para que ele seja mantido e perpetuado.
Mas o que aconteceu? A URSS caiu e automaticamente surgiram capitalistas, empresas, comércio, surgiram estruturas nunca antes ensinadas, por gerações que nunca conheceram o capitalismo. Claro que isso não foi automático e não foram todos que se converteram em capitalistas (os esquerdistas convictos se converteram em pobres). Hoje a Rússia é um país em desenvolvimento capitalista, não ainda pleno, pois ainda sofre dos males estatais herdados pelo antigo sistema.
Não quero discutir o exemplo que dei, quero que reflitam comigo, entendam o pensamento.
A lógica seria das pessoas seguirem aquilo que foram ensinados, foram educados para tal, mas não praticam o que aprenderam. Somos educados para o bem, mas nem sempre praticamos o bem. Educação é muito mais que sistema de ensino, é muito mais que escola ou faculdade.

Sabemos que o brasileiro é um povo desleixado com tudo que envolve dinheiro, não tem noção alguma de previdência, não sabe fazer bom uso do crédito, não tem saúde financeira.
Podemos dar escolas e professores de 1º mundo, mas o padrão brasileiro Br Hue vai prevalecer sempre.
Agora vamos fazer um exercício metal: você acredita que se a partir de hoje todas as escolas do Brasil ensinassem planejamento financeiro do primeiro ano do ensino fundamental até o último do ensino médio o Br seria um país de 1º mundo, ou que a maioria da população seria economicamente saudável?
Claro que não, não mudaria quase nada!
Daí vai vir uma pessoa dizer: Mas lá na Coréia do Sul deu certo.
Realmente na Coréia sempre vai dar certo por um motivo óbvio, lá não temos brasileiros!
O povo Coreano possui uma coesão racial muito boa e o principal, é receptivo para o aprendizado (característica visível nos povos asiáticos).

Consegue perceber a imensa diferença entre eles e nós?

Outra coisa que já comentei por aqui:
Diplomas não te fazem uma pessoa melhor, muito menos te deixam rico.
Ter um diploma universitário só vai ser garantia de que você vai ser empregado que alguém mais rico e que estudou menos do que você. Sabe porquê acontece isso?
Pelo simples motivo que o nosso ensino é para te afundar na pobreza, o Mec é um cancer!
Outro motivo é de que os seus pais querem que você estude para conseguir um bom emprego e não para ser patrão.
A faculdade na maioria dos casos vai fazer você perder tempo e dinheiro, ensinando porcarias esquerdistas sem sentido real no mundo capitalista, o Mec te prepara para ser um perdedor e não um empreendedor.

A educação é como aquela parábola das sementes jogadas sobre vários terrenos, algumas sementes caíram nas pedras e não cresceram, outras caíram próximas a outras ervas daninhas e foram sufocadas, e finalmente algumas sementes caíram em terreno fértil e prosperaram.
O Brasil é o país das ervas daninhas da parábola, jogamos educação, porém somos sufocados e nunca vingamos (a maioria).
Aqui é o país em que se jogam pérolas aos porcos literalmente! Educação padrão Fifa é uma ilusão e não funcionaria por aqui.
Infelizmente a educação não transforma o mundo, mas sim um seleto grupo de pessoas é que muda o mundo de verdade(1%).
Educação tem mais relação com o indíviduo, padrões coletivos de ensino são um erro.

Ok. Você já entendeu o que eu penso sobre a educação e percebeu que eu não acredito na educação estatal e formal, porém o que eu posso fazer sendo um brasileiro vítima do Mec?

Simples, seja receptivo aos bons conhecimentos, porém não espere que ele venham até você, se você quer saber de algo, vá atrás e pesquise, não seja acomodado.
Se já possui diploma use-o, pois a sociedade exige ele em alguns casos, porém ele não é garantia de sucesso.
Não existe pobre inteligente, existe apenas mais um pobre. Conhecimentos gerais só servem para concursos (nem sempre).
Seja rico e seja automaticamente inteligente, vencer no capitalismo é ter dinheiro e não um diploma.
Percebe que eles são a causa da própria queda? Parece um congresso de professores ou de um partido político de esquerda? A cor vermelha de suas bandeiras é a cor do seu saldo bancário e do seu salário esquerdante.
Outra conclusão:

Os professores no Brasil são mal pagos por um motivo óbvio, eles recebem aquilo que ensinaram, ou seja, ensinam esquerdismo e recebem salários esquerdistas!
Uns dos principais motivos do Br não ter um futuro é culpa dos professores esquerdistas, eles apodrecem a educação que já é ruim e insuficiente.
Infelizmente os professores são vítimas de suas próprias ideologias.
Quem com ferro fere, com ferro será ferido!
Existem professores bons e exemplares, mas eles somem no mar vermelho em que estão afundados.
Abandonem o Paulo Freire para seu próprio bem!
É o marxismo que acaba com suas vidas e não o capitalismo!

+ $$$

14 comentários:

  1. Bom dia Capitalista, excelente postagem, já falei também que educação não salvará o brasil, o que salvará o Brasil será o capitalismo empreendedor, apenas isto, esse lixo de Paulo Freire, conseguiu estragar gerações, estes sindicatos, são sinônimos de vagabundagem, professor é tudo lixo, se depender de mim, eles toma no cú, eu to com intenção de fazer uma licenciatura, mas estou revendo isto.

    Ótimo Texto, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça a sua licenciatura mas seja de direita!

      Não sei quanto tempo da minha vida eu perdi por aprender esse maldito marxismo na escola.

      Abraço!

      Excluir
  2. Na escola só se aprende lixo doutrinário. Fábrica de perdedores.

    ResponderExcluir
  3. No Japão as crianças são ensinadas a fazer a limpeza do local onde vivem, a própria comida respeitar a todos e coisas úteis a sociedade.

    Vai tentar aplicar a grade ensino deles a nossa para ver a qualidade de pedagogo reclamando, dizendo que é um absurdo, pois é opressão feminina (o meninos também fazem, mas f***-se só interessa o feminazismo) e trabalho infantil.

    Oh lugazinho xexelento.
    Todo dia quando acordo, percebo que nasci no país errado.

    Sucesso financeiro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que digo que o Br não tem jeito!
      O marxismo cultural está tão enraizado na nossa sociedade que vai demorar umas 5 gerações ou mais para nos livrarmos desse câncer!

      Muito $$$!!!

      Excluir
  4. É capitalista, acho que o Brasil não tem mais solução não.

    Tive a oportunidade(?) de cursar durante 1 ano e meio um curso de humanas em uma uni... da vida. Se você falar de negócios lá, você é apedrejado.

    O sistema de ensino no Brasil é falido. Vale salientar que não importa o tempo que a criança passa em sala de aula, como também aqueles em que passa na rua; casa; amigos, enfim. A consciência brasileira em sua grande maioria é: Vitimista, "macaquistica" e zoeira.

    A universidade em si nada mais é do que uma pré programação daquilo que o sistema quer que você aprenda. O sistema quer funcionários, acho que já da pra entender o tamanho da merda que é, né?!

    Assisti umas entrevistas nesse último final de semana sobre o Uber, eu sei que não tem nada a ver (talvez tenha) mas fiquei chocado, irritado, frustrado e triste. Como um governo pode proibir um sistema que beneficia a todos??? Eu não sei mais de nada cara.

    Espero que as coisas mudem e logo.


    Um conselho que dou pra quem está lendo isso: Estude sobre o dinheiro. Como funciona, como ganhar e principalmente como multiplicar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Economia é a única coisa que o jovem deve estudar!
      Depois de adulto e bem financeiramente é que vc pode se dedicar a outras causas com mais tranquilidade.

      Abraço Agricultor!

      Excluir
  5. Ótimo texto, capitalista, disse tudo o que eu penso.
    Eu acho que o Brasil nunca será nada pois tem que existir países de terceiro mundo para os de primeiro mundo existirem. Com a ascensão do terceiro mundo, os de primeiro vão perdendo certas coisas, e isso não é bom pra eles. Outra coisa que como tu citou o povo asiático é a eugênia, aqui ninguém se identifica com ninguém, todos são diferentes e um se acha melhor que o outro, logo, o povo não se une por não ser da "mesma raça" e não ver o outro como irmão.
    Tem também o fato que o brasileiro já herdou dos ibéricos de apoiar estado e funcionalismo público inútil, estado babá e grande, odiar trabalho braçal e humilhar trabalhadores braçais, como se fossem sub humanos e várias outras merdas.

    Sobre curso superior, pra mim não passa de uma creche para adultos esquerdistas aqui no Bostil. Eu mesmo, penso em emigrar e só faria uma universidade em um país de primeiro mundo. Além do meu diploma de um país de primeiro mundo valer em qualquer lugar e ter status, eu aprenderei de verdade e não serei doutrinado ao marxismo. Também penso em empreender, deixa só eu juntar um capital.

    Abraço, amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu tivesse investido o dinheiro da faculdade em um simples CDB ou tesouro direto eu já estaria mais próximo da Independência Financeira.

      Empreenda!

      Abraço VSS.

      Excluir
  6. Capitalista pobre, resolvi reler esta postagem, para mim ela foi brilhante, queria muito replicá-la em meu blog se você permitir. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro BC!

      Autorizado, para mim é uma honra!
      Só lembra de botar o link do post.

      Abraço!

      Excluir
  7. Quando li pela primeira vez este artigo me identifiquei bastante. Resolvi fazer uma reZenha sobre, quem puder dar uma lida. Mas esta fase da vida é assim mesmo cheia de dúvidas, medo.

    http://wp.me/p27WIE-bl

    ResponderExcluir