quinta-feira, 30 de junho de 2016

O Primeiro Poder

Uma reflexão:
Com dinheiro você pode TUDO, e você sabe no seu íntimo que isso é a mais pura verdade.
No mundo material o dinheiro é o primeiro poder.
Mas, D-us é maior que o dinheiro e maior que tudo, não esqueça disso.
$.'.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Flashback: Inverno – Inimigo Natural do Pobre

Já que a porcaria do inverno começa oficialmente hoje, estou repostando no flashback este post.

Enfim...

Chega o inverno, a chuva, o frio e por consequência, algumas doenças. Aqui no sul do Br Hue temos um inverno verdadeiro, frio pra caramba e bem desagradável.

Sempre tem um panaca otário para dizer que gosta do inverno, gosta tanto que não sai de baixo das cobertas e de perto das estufas. 

O inverno é algo realmente caro para os pobretões, principalmente agora que a presidAnta aumentou a conta de energia elétrica justamente para nós e no momento em que mais precisamos. Pobre que é pobre não tem calefação na casa, até porque a conta de gás seria altíssima, aqui nos viramos com pequenas estufas e chuveiros elétricos que consomem muita energia e por consequência queimam nosso rico dinheirinho só pagando a conta. O inverno tem dias mais curtos e noites longas, ou seja, mais lâmpadas acesas consumindo energia.

Dia normal de inverno por aqui.

Outro gasto absurdo são as roupas de inverno, elas são realmente caras e sem elas você não sobrevive. Eu ganhei muitas roupas, as vezes o pessoal não usa e me oferece, eu nunca digo que não, cuido e uso a vida inteira. Aqui você tem que ter uma boa jaqueta ou um bom sobretudo. Eu esse ano não gastei nada com roupas de inverno pois estou usando sempre as mesmas, tenho pena de quem vem pra cá despreparado e vei ter esse gasto muitas vezes inesperado.

Outro problema do inverno é a saúde, quem tem depressão sabe do que estou falando. A falta de sol e o constante cinza (chuvas) acaba por influenciar muito na nossa vida mental. Sem sol a vitamina D não é ativada como deveria e o inverno tem por consequência ser sinônimo de depressão. 

O frio e a umidade são a combinação perfeita para gripes e resfriados, ninguém está livre desse mal aqui no sul. Rinite, sinusite e dores de garganta são as principais doenças que garantem a boa rentabilidade de nossos médicos. Você perde dias de trabalho, paga consultas, remédios, em resumo doença é igual a prejuízo financeiro. No Brasil, se você tem um plano de saúde você será mal atendido, mas se você não tem plano de saúde você vai ser MUITO mal atendido pelo sus. Ter um plano de saúde caro não significa bom atendimento, só significa que você vai esperar as mesmas horas do SUS com a diferença de ter um banco acolchoado para descansar.

A neve no BR é a coisa mais monga do mundo. Pouca, feia, suja, úmida e sem graça.

O povão fala que são boas as comidas de inverno, sopas, chocolates, massas, vinhos e afins. A comida aqui no sul realmente é boa e no inverno parece melhor ainda, mas o que ninguém te fala é que você consome uma quantidade muito maior de alimentos no inverno, pois o corpo precisa se manter aquecido. Quando vai chegando a primavera, e as roupas vão diminuindo, é que você nota que o inverno lhe deixou uma barriga um pouco maior, uns quilos a mais na balança, ou seja, mais dinheiro para fazer academia e ficar em forma novamente.

O que eu mais odeio no frio é a impossibilidade se se manter quente sem gastar dinheiro. Manter a saúde em um clima frio e úmido é praticamente impossível. Além de termos o governo como inimigo maior, os haters, o trabalho ainda contamos com a natureza contra nossa saúde e finanças. Morar em lugar frio é caro. Eu odeio o inverno tanto quanto odeio a pobreza, o frio verdadeiro é insuportável, só gosta de frio quem nunca passou frio. O inferno não é quente, é gelado!

Se você mora em um lugar quente, saiba que você é abençoado! Pense em quanto você está economizando agora e nem pense em vir para cá, passar frio é castigo!



Uma das piores prisões da antiga União Soviética era na Sibéria, porque além de perder a liberdade, você perdia toda a espécie de calor.

Se você “diz” que gosta de inverno, te desejo algumas coisas:

- Que o teu chuveiro queime e você tenha que lavar a cabeça com água fria!

- Que sua estufa elétrica queime!

E que sua bolsa de água quente fure durante a madrugada deixando a sua cama bem molhada!


Quando eu ficar realmente rico, eu NUNCA mais vou passar frio na minha vida, vou fugir do inverno assim como o diabo foge da cruz!

Abraço!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Flashback: Capitalismo vs. Consumismo

Na época que publiquei este post vieram vários hater hatear por causa que o consumo é parte do capitalismo mimimi. Entenda uma coisa consumismo, para mim é doença, eu não quero distribuir meu dinheiro, eu quero o dinheiro acumulado na minha conta bancária, simples assim. Não sou eu que faço a roda do capitalismo girar, isso é coisa para os comuns, meu negócio é o acumulo egoísta e doentio!

O Consumismo te escraviza, o Capitalismo te LIBERTA!
É importante separar uma coisa da outra, o consumismo é uma espécie de doença dentro do capitalismo e geralmente ela ataca os mais fracos do sistema. Parem para pensar, a pessoa tem que ser muito burra para comprar aquilo que não precisa. Só um idiota troca toda hora de celular e de carro, tem que ser totalmente imbecil para comprar um Iphone 6 plus em 20 prestações sendo apenas estagiário (fato verídico e venério aqui de onde eu trabalho). Lembrando que o capitalismo é o único sistema que te permite optar por ser um idiota, já no comunismo tu é obrigado ditatorialmente a ser igualmente imbecil.


Eu sou uma espécie reptiliana de capitalista, sou um acumulador de capital e não de objetos. Sou um opositor do consumismo, sou frugal e prático no consumo.
Temos que ter em mente que o consumismo é uma armadilha para os desavisados, é uma maneira de fazer vazar o dinheiro dos que não merecem para os nossos bolsos.
Sou do tipo que não quer alimentar o sistema, eu quero e alimentar e saciar o meu bolso.
Você compra se você quer, eu compro só quando eu preciso!


Eu não quero comprar um carro, eu quero dinheiro para poder andar de táxi.
Eu não quero uma casa na praia, eu quero alugar uma casa na praia só por uns dias.
Eu não quero uma festa de casamento, eu quero só a noite de núpcias com uma GP gostosa.
Eu não quero comer todos os dia em um restaurante caro, eu quero ir comer em um lugar legal no fim de semana.
Eu não quero uma biblioteca em casa, eu pego um livro emprestado.
Eu não quero um Iphone, eu quero um celular que funcione, tenha créditos e dure pelo menos 2 anos.
Eu não quero uma televisão de 200 polegadas, eu vejo meus filmes no computador, se eu quisesse tela grande eu iria no cinema.
Eu não preciso comprar cds, eu baixo em mp3 de graça.
Eu não quero roupas de marca, eu quero roupas duráveis e confortáveis de valor justo.
Eu não quero andar com um tênis nike, eu gosto mesmo é de usar chinelo.
Eu não quero obras de arte na minha casa, eu quero dinheiro para visitar um museu legal.
Eu não preciso de um Rolex, eu preciso só de um relógio que tenha a maravilhosa função de marcar as horas.

Pensem comigo, os artigos de luxo, objetos de marca, roupas de moda e obra de arte não possuem um valor real agregado, eles tem valor para quem vê, para quem "entende", para quem quer mostrar. O Consumismo é uma maneira de sugar o dinheiro dos ricos e de escravizar os pobres. Veja bem, eu vivo bem no "capitalismo, satânico, neoliberal" sem ser consumista.

Se você consome sem necessidade, compra para mostrar ou sem pensar, você merece ser pobre e será! Isso será consequência de sua burrice e não do sistema em que você está inserido.

Cara vocês podem ser ricos e terem uma vida simples, vejo que o caminho não é tão ruim, basta ser persistente e frugal, basta fazer greve de consumo.


A riqueza está na sua conta bancária, no seu poder de compra, na sua capacidade de acumular e não na ostentação. Conheço muitos "ricos fakes" que vem pedir dinheiro emprestado para o pobretão aqui.


Consumismo é dívida, Capitalismo é Lucro!

Fique Rico meu Amigo!

Obs.:

Leitura recomendada sobre o assunto: O Milionário Mora ao Lado.