terça-feira, 16 de agosto de 2016

Meus Principais Erros!!!

Hail $$$!


Os amigos blogueiros me pediram para indicar os principais erros no meu percurso no caminho da riqueza.

A seguir alguns erros que você pode evitar de cometer:

- Eu não guardava os 10% do meu salário. Se eu tivesse depositado os 10% do meu salário desde o meu primeiro emprego posso afirmar que eu já estaria rico nesse momento. 

Pacto, Ritual e Magia? Era só trabalhar, poupar e investir seu burro!

- Eu não estudava economia e nem investimentos. Perdi parte da minha vida estudando ocultismo e religiões, fazendo pactos, rituais e etc. achando que ficaria rico, resumo: tempo perdido, dinheiro perdido.

- Gastei muito dinheiro viajando pelo mundo, gastei fortunas indo para a Itália, França, Uruguai, Argentina e viajando uma boa parte do Brasil. Se foi bom? Foi ótimo, foi maravilhoso, mas é um dinheiro que faz falta no futuro, se eu tivesse investido aquele dinheiro provavelmente eu poderia viajar muito mais daqui uns anos.
Faculdade de boteco!

- Fiz uma faculdade de ciências sociais. Além de ser um curso inútil, gastei o dinheiro de um apartamento para ter um diploma de papel que não serve para nada. Se eu pudesse voltar no tempo diria para mim mesmo fazer um curso técnico, tipo mestre de obras, pintor, açougueiro etc. são trabalhos menos honrosos, mas dão mais dinheiro do que eu estou ganhando hoje. 

- Fui me preocupar com dinheiro somente quando fiquei desempregado, grande erro, você só dá valor para quando perde. Preocupe-se com o dinheiro sempre.

Hahahahaha!!!
- Participei de clubes e organizações que não eram do meu nível social e econômico. Participei desses tipos de agremiações que servem só para pagar mensalidades e anuidades, usar roupas diferenciadas caras, participar de jantares e viagens caras, ou seja corroem o dinheiro que era para ser investido em algo palpável.


Depois que eu me dei conta da importância do dinheiro na minha vida e no mundo, tudo começou a mudar. Passei uns 2 anos sem gastar praticamente nada com bobagens, só guardei, depois comecei a investir e aí os resultados começaram a aparecer. Não estou rico ainda, mas já estou nos trilhos da riqueza.
É incrível, é só começar a seguir o que se aprende nos livros do Pai Rico, Pai Pobre e do Homem mais rico da Babilônia que a a magia começa a acontecer.

12 comentários:

  1. CP, fiz adm, que merda, olhando pra trás, poderia ter pego a bibliografia do curso, estudado na hora livre e investido o dinheiro do curso, não aprendi nada extra com professores, o extra vem do mundo real.
    Acho que suas viagens foram importante sim, pra VC chegar aonde ta hj, da mesma forma VC não conseguiu ganhar network com esses clubes e organizações? Sempre temos mais oportunidades vindo de quem tem dinheiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Esse tal de network não funciona bem assim como dizem, ele acaba custando mais caro do que deveria ser, é mais fácil guardar o dinheiro investido nisso e comprar um emprego com ele.

      $

      Excluir
  2. Parabéns e obrigado por compartilhar suas dificuldades. Há muitos jovens por aqui procurando como percorrer o caminho de forma correta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero poder ajudar!

      Eu sei que tem gente que mesmo lendo meus erros vai fazer tudo igual só de birra, mas essa é a vida, sábio é o que aprende com o erro dos outros, normal é quem aprende com seus próprios erros e burro é quem não aprende nem com seus próprios erros e nem com o dos outros.

      Abraço!

      $$$

      Excluir
  3. Isso ai Capitalista...achei que você fosse mais jovem, pelo que percebi vc realmente tem uma grande experiência de vida hein,, conte mais em posts futuros..ajuda bastante a galera mais jovem hehe,vlws!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tenho meus 30 e poucos anos, falarei mais sim!

      $

      Excluir
  4. Cara, vendo seus textos de hoje, pensei que vc fosse pão duro desde sempre rsrs

    De todos esses erros, o melhor (ou menos pior) de cometer, imagino eu, foram as viagens. Pelo menos vc teve experiências de vida interessantes.

    A escolha da profissão é algo que deve ser feito de modo muito bem pensado. O Pobre Sonhador é um que infelizmente escolheu ADM e só viu que o curso era uma merda depois, como ele relatou naquela série de posts.

    Obrigado pelos conselhos, acho que esse texto vai ajudar jovens a não terem uma vida tão lascada.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu!

      Eu me liguei que deveria economizar ali pelos 28 anos eu acho.
      Te digo nunca é tarde para guardar e investir.

      Faculdade é foda, quase nenhuma presta.

      Excluir
  5. eae capitalista O/ vc é adepto a gps?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!

      Frequento Gps umas 3 vezes por mês, é tipo um vício, uma hora posto alguma coisa sobre o assunto!

      $

      Excluir
  6. Fala CP, é difícil, alguns erros precisamos viver, se no passado alguém te dissesse pra não fazer o curso x na faculdade y você não acreditaria, não da pra se culpar, você é resultado do que estudou, do que viveu, do que viu nas suas viagens.
    Durante um tempo até as compras supérfluas ao meu ver são justificáveis. Ex.: Primeiro emprego, você recebe seu salário, quer comprar algo, não importa o que, é seu dinheiro, você precisa ser recompensado pelo seu esforço, não pode comprar um imóvel por exemplo, mas pode comprar roupas novas, participar dos clubes que você citou, enfim, precisa daquele sentimento de "pertencer a algo".

    Outra coisa é que estudei adm, fiz pós em estatística e sempre gostei de investimentos e isso não me impediu de cometer erros também:
    - Comprar imóvel na planta: Se não for a vista definitivamente não vale a pena. Pode aparecer alguém que especulou na época do boom dos imóveis aqui no Brasil, mas hoje em dia não vale e ao meu ver, mesmo a compra por especulação não vale o risco, tem coisa melhor pra se investir.
    - Automóvel: Esse não precisa nem comentar né, quanto melhor o modelo do carro, maior o prejuízo em R$, financiamento mesmo você dando uma boa entrada os juros e principalmente o prazo aumentam muito a dívida, isso sem falar nos outros gastos como seguro, manutenção, pneus, combustível.
    - Vender opção de compra e não recomprar: Já li em livros que quem não deseja ser exercido deve recomprar as opções, pois bem, tive a oportunidade de comprar por 0,02 e não fiz, resultado que fui exercido mesmo meu strike estando no mesmo preço da ação, fiquei sem as ações(estava com um bom lucro) e tive que pagar IR sobre a venda(exercício de opções não entram como venda a vista, que teria isenção até os 20k).
    A conclusão que eu cheguei foi que não adiantou eu ler no livro que precisava recomprar a opção eu tinha viver aquilo, pagar o IR pra aprender a nunca mais fazer isso, agora que doeu no bolso eu nunca mais esqueço, nunca mais deixo ser exercido, mesmo se o preço estiver longe do meu strike.

    O grande desafio é aprender com os erros dos outros, o problema é que poucos estão dispostos a admitir e compartilhar seus erros e do outro lado, poucos estão dispostos a ouvir aquilo e assimilar como aprendizado.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é M, não temos como evitar todos os erros, é foda pra caramba, principalmente quando perdemos dinheiro.
      Hoje já percebo e estudo o erro dos outros visando não repetir nunca.

      Tem que levar tudo na base do aprendizado.

      Abraço!

      Excluir